Devo medir a temperatura do ambiente ou do líquido?

 

Alguma vez você já se perguntou se é melhor ou se existe diferença entre medir a temperatura de fermentação no ambiente ou no líquido? Bom o Jadilson Luna já… inclusive essa é a pergunta escolhida para tema do post dessa semana.

“A temperatura de fermentação deve ser medida no mosto ou no ambiente? ”

interrogacao

 

A resposta para a pergunta é simples: Devemos medir a temperatura do líquido, ou seja, da cerveja!

 

Bom, quando falamos que a cerveja deve ser fermentada à 18°C ou 20°C, ou se você está fazendo uma lager deve fermentar à 12°C, nós estamos falando de medir a temperatura no interior do seu balde fermentador, no líquido.

 

Mas talvez você esteja se perguntando:

 

  • E se eu deixar o sensor do termostato solto na geladeira?
  • Ou ainda, se eu medir a temperatura dentro de um copo ou garrafa de água?

 

Você pode até medir a temperatura dessa forma, mas a leitura não representará a real temperatura da cerveja fermentando, em outras palavras, você não estará realmente controlando a temperatura da sua fermentação.

 

Vou explicar para vocês o porquê disto, afinal existe uma significativa diferença entre afirmar que tem uma fermentação controlada à 20°C, por exemplo, medindo a temperatura ambiente ou da geladeira e medindo a temperatura do líquido.

 

Você já deve ter ouvido falar que a fermentação é uma etapa simples, na qual as leveduras usam a maltose ou até açucares mais simples e convertem esses açúcares em álcool e gás carbônico.

 

Quer ficar sempre atualizado?

Insira o seu endereço de e-mail abaixo para receber gratuitamente DICAS sobre o processo de produção cerveja artesanal!>

 

Acontece que a reação não é tão simples assim!

 

Existem vários subprodutos gerados durante o processo de fermentação, inclusive a maturação serve para consumir alguns desses subprodutos, como eu já falei no post “Maturação: muitos subestimam…”

 

Bom, uma forma mais realista de resumir a fermentação seria dizer que as leveduras convertem os açúcares em álcool, gás carbônico e calor!

reacao fermentacao alcoolica

 

É muito comum observarmos um aumento de 2°C ou 3°C no interior do balde fermentador, principalmente se estivermos na fase de crescimento das leveduras, fase na qual elas estão mais ativas e consumindo mais açúcares.

 

E como você pode fazer para medir a temperatura do líquido da melhor forma possível, sem investir tanto???

 

A primeira alternativa é fixar, com uma fita, o sensor do termostato no meio da parede do balde fermentador e colocar um isolante térmico por cima dele, pode ser um pedaço de isopor ou com um pouco de plástico bolha.

sensor+isolante1sensor instalado

plastico bolha1plastico bolha 2

 

A dica é compensar a leitura da temperatura medida, pois existe uma diferença entre a temperatura medida e o líquido, que fica em torno de 1°C.

 

Dessa forma a medição vai ficar muito próxima da temperatura real do líquido no interior do fermentador, pois com o isolamento do sensor você evitará ele de medir a temperatura do interior da geladeira.

 

A segunda opção, que é a mais indicada, é você utilizar um poço termométrico, que é um instrumento metálico (usualmente de alumínio ou inox), na qual o sensor utilizado para medir a temperatura é inserido.

poco termometrico1poco termometrico2

 

Você vai fazer um furo no balde fermentador e instalar o poço termométrico. Assim você evita o contato direto do sensor de temperatura com o líquido/cerveja ao mesmo tempo que consegue medir a temperatura do que está acontecendo no interior do fermentador com maior precisão.

 

Instalacao Poco Termometrico

 

Se você preferir assistir essa dica no meu canal do youtube, pode acessar pelo link abaixo:

 

 

 

CONCLUSÃO: A forma correta de medir a temperatura de fermentação é medir a temperatura do líquido!

sensor-temperatura

 

Você certamente já sabe que medir a temperatura da fermentação e monitorá-la é muito importante para o resultado final da sua cerveja.

 

A temperatura do líquido e a temperatura ambiente são distintas e você deve escolher um método confiável para medir a temperatura correta e ter, da melhor forma possível, uma fermentação com a temperatura controlada.

 

Eu apresentei DOIS métodos simples e baratos para você medir a temperatura da sua cerveja no seu fermentador:

 

  1. Usando uma fita para colar o sensor no meio parede do balde fermentador, e depois por cima do sensor colocar um pedaço isopor ou plástico bolha por exemplo;

 

  1. Furar a parede do balde fermentador e instalar um poço termométrico, por onde é inserido o termostato para medir a temperatura.

 

Bom, por hoje eram essas dicas que eu queria te ensinar. Espero realmente que elas sejam úteis para ajudar você a medir a temperatura de fermentação da sua cerveja e produzir cervejas cada vez melhores.

 

E se você lembrar de alguém que gostaria de receber essas dicas, COMPARTILHE esse post e ajude ela, assim como estou te ajudando.

 

Você pode também compartilhá-lo no Facebook, clique AQUI ou copiar a URL desse artigo e enviar para quem precisa dele.

 

Deixe seu comentário abaixo sobre esse post, ou sobre alguma dica extra que você deseja compartilhar conosco.

 

Um abraço e até a próxima semana.

Quer ficar sempre atualizado?

Insira o seu endereço de e-mail abaixo para receber gratuitamente DICAS sobre o processo de produção cerveja artesanal!>

4 Comentários


  1. Olá Daniel, parabéns pelo site! Tem me ajudado bastante no desenvolvimento da minha produção.

    Só queria uma dica prática: o poço termométrico deve ser instalado horizontalmente na parede, como você descreve no texto, ou verticalmente na tampa junto com o airlock?

    Abraço!

    Responder

  2. OLÁ DANIEL, ESTOU ADORANDO SEUS POST EU FAÇO PARTE DO SEU GRUPO DO CONCERVEJA, PARTICIPEI DO PRIMEIRO CONGRESSO… BOM UMA DUVIDA QUE QUERIA SABER ERA SOBRE O REFRATÔMETRO, EU COMPREI UM E NÃO SEI USAR E NÃO ACHO DICA NA INTERNET FACILITADO PARA UTILIZAR ELE NA CERVEJA. BOM ELE É UTILIZADO PARA SABER O ALCOOL DA CERVEJA, A FERMENTAÇÃO ETC… DÊ AI UMA DICA SOBRE ELE… OBRIGADO

    Responder

    1. Fala Clênio, tudo bom?

      Vou anotar aqui sua dica de temática de post. Se você quiser alguma ajuda, pode me mandar um e-mail que eu posso ver como ajudar.

      Abração.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.