Rótulo: como criar e aplicar nas garrafas

Rótulo de garrafa de cerveja

Fala, cervejeiro! Você já pensou em melhorar a qualidade visual das suas cervejas? Neste post vou dar o passo-a-passo para você criar o rótulo da sua cerveja artesanal gastando muito pouco. Assim, no próximo encontro de degustação, você já pode levar suas embalagens personalizadas. Garanto que elas vão fazer o maior sucesso!

 

Essa é uma pergunta do Saulino Linhares, que perguntou:

 

“Como faço para imprimir o rótulo? Deve ser feito em gráfica, ou pode ser feito em casa, em impressora jato de tinta?”

 

Vou passar aqui um 5 passos para você criar seu próprio rótulo para suas cervejas. Vamos lá?

 

PASSO 1: INSPIRAR-SE VISITANDO LOJAS E PESQUISANDO NA INTERNET

inspiracao

Para quem está começando, o primeiro passo é inspirar-se vendo rótulos em mercados ou lojas que vendem cerveja artesanal.

 

Preste atenção a tudo: cores, ilustrações, tipos de letras e formato dos rótulos.

 

Não hesite em medir os modelos que achar interessantes para ter uma noção do tamanho ideal de rótulo para a sua garrafa e da altura em que ele deve ser colocado no recipiente.

 

Se você prefere ter ideias sem sair de casa, uma boa pedida é navegar pelo Pinterest, que apresenta centenas de imagens de rótulos de cerveja artesanal.

 

Não exagere no tamanho do rótulo

É importante lembrar que o rótulo não deve ser muito grande para não esconder o líquido precioso. Ele também não pode ser muito largo, pois isso prejudicaria a sua legibilidade, já que a garrafa é arredondada. Minha sugestão pra você não errar é não ultrapassar a medida de 10cm X 8cm, adequada para a maioria das garrafas existentes no mercado.

 

Formatos extravagantes podem custar caro

Na hora de escolher um formato de rótulo (retangular, oval, quadrado etc.), não esqueça que os desenhos especiais (com irregularidades, curvas, pontas) darão mais trabalho na hora do corte (se você for fazer isso em casa) ou custarão mais caro – caso opte por fazer o serviço numa gráfica.

 

Um mundo de cores a sua disposição

No mundo cervejeiro, existem algumas associações entre as cores predominantes nos rótulos e os tipos de cerveja produzidos.

Por exemplo, a cor preta quase sempre está presente nos rótulos das cervejas do estilo Stout; já nas cervejas Weiss normalmente se usam rótulos com a cor palha (que lembra o trigo) e por aí vai.

Você não é obrigado a seguir convenções, afinal, a cerveja é sua! Use as cores de sua preferência. Se quiser uma ajuda do mundo publicitário para criar um produto harmônico e atraente, sugiro uma visita ao site Marketing Moderno.

 

PASSO 2: DEFINIR AS INFORMAÇÕES QUE VÃO ENTRAR NO RÓTULO

tipos de rotulos

Como este post se destina aos cervejeiros caseiros, não vou entrar nos detalhes da legislação sobre rotulagem de bebidas, que obriga a inserir nos rótulos uma série de informações e advertências. A ideia aqui é apenas dar um upgrade na produção.

 

A meu ver, as informações que não podem faltar no seu  rótulo são as seguintes:

  • nome;
  • estilo;
  • data de fabricação da cerveja;
  • teor alcóolico;
  • ingredientes especiais (se for o caso) e,
  • O nome do mestre cervejeiro: você!

 

Uma cerveja para chamar pelo nome

Muitas cervejarias dão às cervejas o nome do próprio estilo.

 

Mas se você faz uma cerveja artesanal isso não faz muito sentido. A sua cerveja não pode ser apenas mais uma no universo. Por isso, capriche na criatividade ao batizá-la.

 

Para animar a brincadeira, que tal fazer uma votação entre os amigos?

 

Vou tentar ajudar apresentando uma lista das fontes de inspiração mais comuns para os nomes de cervejas artesanais:

  • Personagens da História ou de filmes
  • Eventos históricos, festas populares ou movimentos culturais
  • Nomes de cidades famosas pela qualidade das cervejas que fabricam
  • Características ou ingredientes especiais da cerveja
  • Títulos de músicas ou ritmos musicais
  • O próprio nome do fabricante

 

Se com essas ideias você ainda não chegar a um nome que lhe agrade, peça uma ajuda ao Beer Namer. Nesse site você insere alguns dados como o estilo e a cor da cerveja, além das emoções ou sentimentos que você quer que o nome transmita, e recebe de presente uma lista de sugestões.

PASSO 3: CRIAR O MODELO DO RÓTULO

rotulos

Se você tiver habilidade em programas de edição de imagens (CorelDRAW, Adobe Illustrator ou GIMP, por exemplo), vai tirar de letra essa etapa.

Caso contrário, pode procurar por um dos muitos sites que fornecem modelos de rótulos para impressão, com diversas opções de personalização (formatos, cores, texturas, tipologia etc.) e inúmeras imagens gratuitas. Aí vão algumas sugestões:

 

Antes de finalizar seu layout, lembre-se de um detalhe importante: se você ainda não comercializa sua cerveja, não vale a pena utilizar tratamentos de imagem mais sofisticados (uso de dourado ou prateado, por exemplo) para o rótulo. Isso porque, para assegurar a qualidade da imagem final, seria necessário usar serviços mecânicos de impressão (como o offset ou o hotstamp), só oferecidos por gráficas tradicionais. Para uma produção caseira, essa opção é inviável.

Foco, impacto e criatividade

Insira o seu endereço de e-mail abaixo para receber <strong>grátis</strong> as atualizações do blog!

 

PASSO 4 – IMPRIMIR OS RÓTULOS

impressora + rotulos

 

Para imprimir os rótulos, você pode usar a impressora de casa ou contratar os serviços de uma gráfica digital rápida (não confundir com a gráfica tradicional), que faz reprodução de pequenas quantidades com rapidez e a preços acessíveis.

 

Papéis para impressoras a laser e a jato de tinta

A opção mais em conta para impressoras a laser é o papel offset (ou sulfite). Se você estiver disposto a gastar um pouco mais, pode investir na compra do papel cuchê (brilhante ou fosco), que, além de ser mais resistente à umidade,  proporciona um acabamento melhor e cores mais vivas na impressão.

 

Nas impressoras a jato de tinta, a dica é utilizar os papéis fotográficos matte (fosco) ou glossy (brilhante), que contam com uma camada transparente que retém a tinta, impedindo que a impressão fique borrada quando em contato com a umidade. (Cuidado: esses papéis não são apropriados para uso nas impressoras a laser.)

 

Como a graça da produção artesanal é testar várias receitas e produzir cervejas com características diferentes, não creio que seja uma boa ideia usar papéis autoadesivos ou materiais reaproveitáveis (mais caros) para seus rótulos, já que eles serão alterados e trocados com frequência.

 

PASSO 5: COLAR OS RÓTULOS NA GARRAFA

cola+rotulos

Aqui eu tenho uma a sacada para você: um método eficaz e fácil para colar os rótulos nas garrafas é usar o leite como elemento adesivo. Isso deve ser feito com a garrafa limpa, seca e já preenchida com a cerveja.

 

O processo é muito simples. Basta passar um pincel com uma pequena quantidade do produto no verso do rótulo e posicionar a sua obra de arte na garrafa. É importante limpar com um pano qualquer gota que escape, para evitar odores desagradáveis.

 

Assim que o leite seca, o rótulo está colado. E o melhor é que para retirá-lo basta deixar a garrafa imersa numa bacia com água quente por poucos segundos.

 

Agora vamos à etapa mais importante do processo: mostrar sua garrafa aos amigos e familiares!

 

CONCLUSÃO: É MUITO SIMPLES CRIAR RÓTULOS PARA SUA CERVEJA. SE NÃO QUISER, VOCÊ NEM PRECISA SAIR DE CASA

 

Para facilitar sua vida, neste post dei o passo-a-passo para você aprimorar sua atividade cervejeira criando rótulos para as garrafas sem gastar quase nada.

 

Recapitulando as etapas:

  • INSPIRAR-SE VISITANDO LOJAS E PESQUISANDO NA INTERNET (com dicas sobre tamanho, formato e cor de rótulos)
  • DEFINIR AS INFORMAÇÕES QUE VÃO ENTRAR NO RÓTULO (com uma lista das principais fontes de inspiração para batizar as cervejas artesanais e indicação de um site que ajuda a criar nomes para o líquido precioso: o Beer Namer)
  • CRIAR O MODELO DO RÓTULO (usando programas de edição de imagens ou sites que fornecem diversas opções gratuitas)
  • IMPRIMIR OS RÓTULOS (com informação sobre os papéis adequados a cada tipo de impressora doméstica)
  • COLAR OS RÓTULOS NA GARRAFA (com a sacada do vídeo: usar o leite como elemento adesivo)

 

Se você gostou do post de hoje, compartilhe o post no Facebook clicando AQUI e envie para os seus amigos cervejeiros caseiros.

compartilhar

 

Um grande abraço e nos vemos em breve.

 

2 Comentários


  1. Olá boa tarde! me chamo Alexandre vieira, gostaria de receber de vcs maiores informações sobre o rótulo para cerveja,não que não tenha informação suficiente no site.

    Responder

  2. sou inciante e quero desenvolver um rotulo baseado em um tema. vc tem orientação para isto. vc imprime rótulos

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.