Blow off: Quando usá-lo como alternativa ao airlock

Tempo de leitura: 6 minutos

Quando usar o blow off como alternativa ao airlock 

 

A cena é de dar dó. Você acorda e, antes de mesmo de tomar o café da manhã, vai todo contente ver como anda a sua fermentação. Abre a geladeira que está com o seu balde fermentador  e… surpresa! Ela tomou um banho de krausen (aquela espuminha horrorosa formada durante a fermentação primária, composta principalmente por proteínas e leveduras).

krausen

 

Só quem já passou por um vazamento ou um entupimento de airlock pode contar o resto dessa história. Muita dor de cabeça, muito trabalho pra limpar os equipamentos e a casa e às vezes até mesmo uma briga doméstica.

 

Pois é, a gente só aprende com a experiência. Na próxima leva, você já vai ficar mais esperto e saber que nem sempre o airlock é a melhor opção.

 

Neste post eu vou falar sobre a função do airlock, dizer o que é o blow off e quando você deve usar essa solução (nem sempre conhecida pelos iniciantes) como alternativa ao airlock.

 

Pra que serve o airlock

airlock

O airlock é uma válvula que serve para permitir a saída de gás carbônico formado durante a fermentação do mosto e para impedir a entrada de ar contaminado no fermentador. Ele é fundamental para a eficiência da fermentação, para evitar a contaminação e a oxidação da cerveja.

 

Você já deve saber disso, mas não custa lembrar que quando o airlock para de borbulhar não significa que a fermentação terminou. Como eu expliquei neste post sobre o assunto, o que define isso é a atenuação do mosto. Se a fermentação estiver estiver completa (isto é, se todos ou quase todos os açúcares fermentáveis tiverem sido consumidos), a densidade vai permanecer inalterada por um ou dois dias.

 

Por isso é que você deve considerar o airlock um excelente acessório para colaborar na produção da sua cerveja, mas o seu amigo mais fiel é o densímetro.

densímetro

 

E não é só pra informar se a fermentação terminou que o airlock pode te deixar na mão. Ele também pode te decepcionar com entupimentos e vazamentos. Por isso é que você precisa cogitar “dar um gelo” nele e estreitar os laços com o blow off.

 

O que é o blow off?

blow_off

 

O blow off é um equipamento simples, mas muito útil, que pode evitar o pesadelo de um mar de krausen inundando a sua geladeira. Quanto mais vigorosa a fermentação, maior a formação de krausen; logo, maiores são as possibilidades de ele subir pelo airlock e fazer um estrago.

 

É aí que surge o blow off como solução para os seus problemas! Ele nada mais é do que uma mangueira que tem uma ponta ligada ao fermentador e a outra inserida em uma garrafinha (ou outro recipiente) com um líquido dentro – de preferência uma solução sanitizante, como álcool 70 ou iodofor. Você até pode usar água, mas nesse caso o risco de contaminação da sua cerveja é um pouco maior.

 

Você mesmo pode fazer o seu blow off, comprando uma mangueira com diâmetro igual ao da abertura do fermentador ou adaptando a mangueira a uma tampa de vedação no fermentador. Naturalmente, também existem modelos prontos à venda nas lojas de produtos cervejeiros.

 

Ok… mas e qual a vantagem do blow off em relação ao airlock?

 

Basicamente, ele permite uma saída mais rápida e uma vazão maior de gás carbônico, evitando que o krausen saia do balde fermentador, minimizando as chances de acidentes e contaminações.

 

Em que situações usar o blow off como alternativa ao airlock

Confira a seguir em que circunstâncias é melhor usar o blow off que o airlock:

  • quando você tiver um head space pequeno (espaço entre o mosto e a tampa do fermentador);
  • quando estiver fazendo uma cerveja com alto teor alcóolico (OG acima de 1.060), que vai ter uma fermentação um pouco mais “pesada”;
  • quando usar cepas de leveduras de trigo ou leveduras belgas, que são bem agressivas e pegam pesado no mosto;
  • quando fizer fermentação em temperaturas mais altas ou em  temperatura ambiente (por volta de 25 graus);
  • quando estiver usando fermentadores grandes (porque o airlock às vezes sai com um fluxo pequeno).

Quer ficar sempre atualizado?

Insira o seu endereço de e-mail abaixo para receber gratuitamente DICAS sobre o processo de produção cerveja artesanal!

 

CONCLUSÃO:  VIA DE REGRA, SEMPRE QUE A FERMENTAÇÃO FOR MUITO VIGOROSA, É MELHOR USAR O BLOW OFF QUE O AIRLOCK

 

Iniciei o post de hoje falando sobre a função do airlock, uma válvula acoplada ao balde fermentador que permite a saída de gás carbônico formado durante a fermentação e impede a entrada de ar do ambiente. Ele é fundamental para a eficiência da fermentação, evitando a contaminação e a oxidação da cerveja.

 

Lembrei que o airlock é um bom colaborador, mas não um amigo fiel. Ele pode te decepcionar em duas situações: ao parar de borbulhar, dando a entender que a fermentação terminou (coisa da qual você só pode ter certeza usando o densímetro), e também com entupimentos e vazamentos.

 

Na sequência, falei sobre o blow off, um equipamento simples, mas muito útil. Ele nada mais é do que uma mangueira que tem uma ponta ligada ao fermentador e a outra inserida em uma garrafinha (ou outro recipiente) com um líquido dentro – de preferência uma solução sanitizante, como álcool 70 ou iodofor. Sua grande vantagem em relação ao airlock é o fato de ele permitir uma saída mais rápida e uma vazão maior de gás carbônico, sem que o krausen saia do balde fermentador (o krausen é aquela espuma formada durante a fermentação primária, composta principalmente por proteínas e leveduras). Com isso, são minimizadas as chances de acidentes e contaminações.

 

E, pra terminar, mostrei em que situações o blow off é a melhor opção:

  • quando você tiver um headspace pequeno;
  • quando estiver fazendo uma cerveja com teor alcóolico alto (OG acima de 1.060);
  • quando usar cepas de leveduras de trigo ou leveduras belgas, que são bem “agressivas”;
  • quando fizer fermentação em temperaturas mais altas, ou em  temperatura ambiente (por volta dos 25 graus).
  • quando estiver usando fermentadores grandes (porque o airlock às vezes sai com um fluxo pequeno).

 

É isso, cervejeiro! Gostou do post? Agora que você já sabe quando usar o blow off como alternativa ao airlock, compartilhe a sacada transbordante de hoje no Facebook. Garanto que você vai ajudar muita gente a evitar sujeira, dor de cabeça  e desperdício de cerveja!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *