Software cervejeiro: 7 razões para você usar um na elaboração da sua receita.

Tempo de leitura: 7 minutos

Software cervejeiro: 7 razões para você usar um na elaboração da sua receita.

Vou começar o post dessa semana com uma pergunta para você:

interrogação

 

“Você já utiliza algum software cervejeiro para te ajudar a elaborar sua receita de cerveja artesanal?

 

Essa pergunta foi tema recentemente de um vídeo no canal do CONCERVEJA no youtube, confira no link abaixo.

 

Bom, a minha pergunta está relacionada diretamente com a dúvida do Edson Brandão, que perguntou:

“Gostaria de saber se existe um software para desenvolvimento de receita?

 

Pensando na dúvida do Edson, eu resolvi elencar aqui 7 razões para você que ainda não usa software para elaborar suas receitas de cerveja artesanal, pensar seriamente em começar a usar algum software, pois eu acredito que isso pode fazer toda a diferença para sua produção de cervejas.

 

Razões para usar um software cervejeiro

1 – Agilidade no desenvolvimento da sua receita de cerveja artesanal

agilidade

Para você quer elaborar sua receita existem inúmeros livros e sites (os mais famosos são o Brewer’s Friend (http://www.brewersfriend.com/), Brewtoad (https://www.brewtoad.com/)) que oferecem ferramentas para te auxiliar, como calculadoras, conversores de unidades e modelos de receitas.

 

Entretanto, usando um software cervejeiro fica muito mais ágil de montar sua receita, pois você só precisa selecionar os ingredientes em uma lista, se tornando muito mais fácil que pesquisar em livros e sites.

 

2 – Consistência na sua produção

Consistência

Bom, para você ter consistência e sucesso em reproduzir e melhorar as suas cervejas, é importante que você anote e guarde as informações das suas brassagens: ingredientes utilizados, dados de densidade, rampas de temperatura, etc.

 

Para isso você pode utilizar planilhas, blocos de notas ou usar softwares cervejeiros que ofereçam essa funcionalidade, opção esta que na minha opinião é a melhor delas.

 

3 – Facilidade para usar de um estilo alvo como referência para desenvolver sua receita

copo/estilos cerveja

Muitas vezes quando você tem uma ideia para elaborar uma receita de cerveja artesanal, ela tem como base um estilo já consagrado de cerveja.

 

Usando um estilo de cerveja como referência, você vai desenvolver a sua receita com foco na cor, amargor, graduação alcoólica deste estilo. Alguns softwares cervejeiros dão sugestões de ingredientes para você além de ajudar a mensurá-los corretamente para atingir os parâmetros do estilo que você deseja.

 

Dessa forma você consegue se aproximar bastante do estilo planejado, principalmente se você nunca fez ele antes.

Quer ficar sempre atualizado?

Insira o seu endereço de e-mail abaixo para receber gratuitamente DICAS sobre o processo de produção cerveja artesanal!

 

4 – Compartilhar suas receitas

compartilhar

Eu já falei algumas vezes para você que um dos fatores que fazem toda a diferença para o seu desenvolvimento como cervejeiro é a troca de informações com outros cervejeiros.

 

E essa troca de informações vai te ajudar a aprimorar as suas receitas. Você pode usar várias formas para compartilhar as suas receitas:

  • Enviando por e-mail para seus amigos analisarem,
  • Participando de fóruns cervejeiros,
  • Discutindo com profissionais da área os processos de produção da sua receita.

 

Mas nada se compara com a facilidade que um software cervejeiro oferece, através do acesso a milhares de receitas online, bastando fazer o download delas para o seu computador.

 

5 – Instruções passo a passo

step_by_step

 

Alguns dos principais softwares cervejeiros apresentam, após você finalizar a elaboração da sua receita de cerveja artesanal, instruções passo a passo de como preparar a sua cerveja, com base na sua receita escolhida.

 

Essa facilidade influência diretamente na organização da sua rotina no dia da brassagem, como veremos no próximo item.

 

6 – Auxílio na organização

equipamentos_brassagem

Quem já fez ou participou uma brassagem ou da elaboração de uma receita de cerveja artesanal sabe que é um processo repleto de atividades, cálculos e muitos ingredientes e equipamentos a serem levados em consideração.

 

Algumas pessoas são mais organizadas que outras, isso é fato, e talvez desenvolvam e se saiam muito bem com sua própria metodologia de armazenamento de dados, receitas e resultados.

 

Mas é fato também que os softwares cervejeiros são uma excelente forma de ajudar na organização da elaboração das suas receitas e das suas brassagens, seja por manterem todas informações e históricos centralizados em um só local ou pelas instruções passo a passo que geram ou ainda pelas ferramentas integradas de cálculo, conversão e até alarme que possuem.

 

7 – Ferramentas de banco de dados

banco de dados

Pelo menos um entre os principais softwares cervejeiros têm ferramentas para gerenciar seu banco de dados de ingredientes, determinar o custo de cada brassagem e até gerar uma lista de compras para uma receita. Isso é muito interessante, pois pode poupar uma viagem extra ao brewshop por ter esquecido ou faltado algum ingrediente.

 

Bom, agora que você já viu algumas das vantagens de usar um software cervejeiro você pode estar se perguntando: E qual software é o melhor?

 

Essa é uma pergunta que não tem uma resposta definitiva, pois como diz o ditado:

 

“Gosto é gosto, cada um tem o seu!

 

Brincadeiras à parte, realmente não tem como eu eleger aqui o melhor software cervejeiro, afinal todos tem suas vantagens e desvantagens.

 

E entre os principais softwares utilizados no Brasil e no mundo, eu citaria aqui 3 deles: o Beersmith, o Beertools e o Brewtarget.

3 softwares cervejeiros

 

Agora se você me perguntar qual desses três indicaria para você usar na elaboração da sua receita de cerveja artesanal, eu escolheria o software cervejeiro mais utilizado no mundo, o BeerSmith.

 

Se você quiser experimentar o BeerSmith é só baixar nesse link (http://beersmith.com/download-beersmith/) e começar a usar a versão de testes que você tem 21 dias para usar e pode ainda comprar uma chave de acesso, que eu recomendo bastante.

 

Para aqueles que já usam o BeerSmith e gostariam de traduzir para o português, podem conferir o Passo a Passo que eu elaborei (https://concerveja.com.br/beersmith-em-portugues/)

 

E você, já utiliza algum software cervejeiro ou ainda faz tudo na mão? Deixe o seu comentário aqui embaixo com a sua resposta.

 

CONCLUSÃO: USAR UM SOFTWARE CERVEJEIRO AJUDA BASTANTE NA ELABORAÇÃO DA SUA RECEITA DE CERVEJA ARTESANAL.

3 software cervejeiro

 

Depois de ler o post dessa semana eu espero que você tenha entendido as vantagens de utilizar um software cervejeiro para ajudar a elaborar a sua receita de cerveja artesanal, organizar as suas brassagens e até auxiliar no seu desenvolvimento como cervejeiro artesanal.

 

Eu elenquei 7 razões para você decidir usar um software cervejeiro, sendo elas:

  1. Agilidade no desenvolvimento da sua receita de cerveja artesanal;
  2. Consistência na sua produção;
  3. Facilidade para usar de um estilo alvo como referência para desenvolver sua receita;
  4. Compartilhar suas receitas;
  5. Instruções passo a passo;
  6. Auxílio na organização;
  7. Ferramentas de banco de dados.

 

Por fim eu citei os três principais softwares cervejeiros utilizados no Brasil e no mundo, o BeerSmith, o Beertools e o Brewtarget, sendo a minha indicação usar o BeerSmith, que é o mais utilizado no mundo entre os cervejeiros artesanais!

 

E para quem que já usa o BeerSmith eu mostrei um Passo a Passo que eu elaborei, disponível no link a seguir: https://concerveja.com.br/beersmith-em-portugues/

 

Você gostou do post de hoje? Então compartilhe com seus amigos, envie por e-mail ou compartilhe no facebook (CLIQUE AQUI).

Quer ficar sempre atualizado?

Insira o seu endereço de e-mail abaixo para receber gratuitamente DICAS sobre o processo de produção cerveja artesanal!

10 Comentários


  1. Bom dia Daniel!
    Estou amando a aventura de fabricar minha própria cerveja, tenho lido muita coisa a respeito do assunto, de uma forma geral seus vídeos e dicas no blog são os que mais tem ajudado e modéstia parte tenho obtido bons resultados com isso, então primeiramente deixo aqui meu muito obrigado, segundo queria que me ajudasse em mais uma dúvida.
    Onde moro uso água de uma fonte natural, essa água é considerada dura e o seu PH está em torno de 7.9, essa mesma água se eu a detilar chego a um PH de 5, seria uma boa técnica usar essa água destilada, mesclando talvez com um pouco de água comum para chegar a uns 5.5? Ou a depilação eliminaria algum mineral importante?

    Responder

  2. Gosto de fazer todos os cálculos na unha e arquivar em fichas numa pasta (moda antiga). Acredito que a arte de elaborar do zero faz parte do hobby.
    Elaboro meus procedimentos e desfruto do passo a passo. Acertar as receitas sem depender da organização de ideias elaborado por terceiros… isso não tem preço! A arte esta nos bastidores!

    Responder

    1. É isso ai Marcell, como eu falei no post, Gosto cada um tem o seu!
      Fazer à moda antiga realmente requer mais trabalho mas faz parte do hobby, sem dúvidas.

      Abração. Precisando estamos aqui.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *